Ribeirão Preto, SP 5/3/2021 –

No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, Kátia Andrade conta sua trajetória profissional e como chegou ao sucesso em uma área predominantemente masculina

Com dois anos de atuação, a Weclix – provedora de internet de Ribeirão Preto – opera hoje em nove cidades da região. Esse crescimento exponencial foi impulsionado pelo desejo de se criar uma empresa diferente, descomplicada, moderna, que nasceu para quebrar padrões. Por trás de todo esse sucesso há a importante participação de uma mulher, que integra o quadro de diretores da Weclix.

Há 3 anos, Kátia Andrade abriu mão de uma carreira consolidada de 18 anos em uma empresa de telecomunicações para se lançar em um projeto novo, criando uma empresa que tivesse sua energia, onde ela pudesse fazer acontecer. Tanta confiança em um novo desafio não surgiu da noite para o dia: Kátia iniciou sua trajetória profissional como recepcionista e chegou a gerente da empresa em que atuava. Além de toda a sua bagagem, teve um grande exemplo de força e determinação dentro de sua própria casa: sua mãe.

Garra e determinação de mãe para filha

Filha mais nova de três irmãos, Kátia sempre sonhou em ser uma executiva. “Quando criança eu adorava assistir aos filmes que mostravam aquelas mulheres usando saia lápis e scarpin. Sempre tive a certeza de que queria ser uma mulher em posição profissional de destaque. Isso me motivou a tentar as faculdades de Direito e Administração. Acabei optando por estudar Administração com ênfase em Comércio Exterior”, conta.

Sua maior referência profissional sempre foi sua mãe, que, mesmo com três filhos, começou a fazer faculdade e lutou para conquistar seu sonho. “Minha mãe é uma grande referência profissional para mim. Com três filhos, ela estudou, cursou duas pós-graduações e se tornou uma profissional completa. Meu pai sempre a apoiou muito. Se não fosse o apoio dele talvez minha mãe não tivesse crescido tanto na carreira”, conta Kátia.

De secretária a gerente

Em 1999, enquanto cursava o 1º período de Administração, Kátia teve a oportunidade de trabalhar – por meio de uma empresa terceirizada – como secretária na empresa de telecomunicações do grupo CEMIG (Companhia Energética de Minas Gerais), na época fundada com a razão social Empresa de Infovias, que em 2010 mudou para CEMIG Telecom. Em 2000, foi convidada pelo então CEO da época Fernando Pimenta, para ser secretária da diretoria e ao mesmo tempo apoiar algumas funções administrativas em outros departamentos. Em menos de um ano, Kátia já estava atuando no departamento de suprimentos e logística da companhia, e seu primeiro grande desafio nessa função foi a implantação do primeiro ERP, sistema de gestão da empresa. Em 2008, Kátia realizou o sonho de morar no exterior, ficando 3 meses no Canadá, e, quando retornou ao Brasil, enfrentou o segundo desafio: implantar um novo ERP – o SAP -, experiência que contribuiu para o próximo salto na carreira. “Acredito que até hoje exista algum preconceito sobre a capacidade técnica da mulher, porém numa escala muito menor do que 10 anos atrás. E que bom que essa mudança esteja acontecendo. No mundo de Telecom ainda existe a predominância de executivos homens, mas nunca me intimidei, pelo contrário, sempre busquei meu espaço onde quer que estivesse: numa sala de reuniões só com homens, debatendo com curiosidade e conteúdo qualquer pauta, ou em qualquer outro ambiente. Por isso sempre encarei os desafios como grandes oportunidades, conquistando espaço e, principalmente, respeito”.

Kátia passou por vários setores, como área de suprimentos, comercial, tendo chegado a ser Gerente de Suprimentos e Logística e Gerente de Representante Comercial. Mas resolveu deixar a empresa onde atuava para buscar um sonho: lançar a Weclix.

Sonho conquistado

Depois de quase 20 anos na área de telecomunicações, Kátia enfrentou o desafio de criar uma provedora de internet diferente, descomplicada, que entregasse aos clientes uma internet de verdade, com qualidade, transparência, agilidade e um atendimento diferenciado ao cliente. A trajetória da empresa foi marcada pela ótima receptividade em Ribeirão Preto, bem como por sua rápida expansão para outras cidades: Sertãozinho, Jardinópolis, Orlândia, Batatais, Restinga, Sales de Oliveira, Nuporanga e São José do Rio Preto. Em breve, atingirá outras cidades do interior de São Paulo.

A ampliação das operações possibilitou a contratação de mais de 100 colaboradores, gerando um impacto altamente positivo no mercado de trabalho dos locais onde atua.

“Tudo o que estamos conquistando me deixa muito orgulhosa. A Kátia do início da carreira era uma Kátia ansiosa por chegar aonde ela chegou e que estava aprendendo muito para realizar algo muito maior, como a Weclix. Tive muitas mulheres ao longo da minha trajetória que foram referências pra mim e hoje me sinto segura para poder ajudar e falar da minha história para as pessoas que trabalham comigo. Além disso, estar ao lado desse trio de diretores que incluem Fabrício Kameyama, Giuliano Mendes e Ricardo Campos, é uma experiência extremamente enriquecedora. Não há nada melhor do que receber um tratamento de igual para igual, sem rótulos e com o máximo de respeito”, avalia.

E para as mulheres que, assim como ela, lideram grandes equipes ou que atuam em áreas predominantemente masculinas, Kátia dá um conselho. “Nada vence o treino. Se você se mantiver focada, com disciplina e constância, verá seu objetivo alcançado. Nós podemos tudo, basta buscar, ler, estudar, correr atrás do seu sonho, fazer acontecer pra valer”, finaliza.

Website: https://weclix.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui