InícioNotíciasElon Musk está encerrando o acordo de compra do Twitter

Elon Musk está encerrando o acordo de compra do Twitter

-

Elon Musk notificou o Twitter de que está encerrando o acordo de compra da plataforma de mídia social.

Musk originalmente planejava comprar o Twitter a um preço de US$ 54,20 por ação, o negócio ficou avaliado em aproximadamente US$ 44 bilhões. No entanto, o chefe da Tesla agora está abandonando o caro compromisso citando “representações enganosas”, alegando que o Twitter o enganou sobre o problema relacionado aos bots da plataforma (via NPR).

Desde que os planos originais de compra do Twitter de Musk se tornaram de conhecimento público, ele afirmou repetidamente em plataformas públicas que corrigir o problema de bots do Twitter está entre suas principais prioridades, além de preservar a liberdade de expressão, já que ele próprio era um “absolutista da liberdade de expressão”. Nas semanas seguintes, Musk atacou o Twitter em várias ocasiões, alegando que seus problemas de contas falsas e de spam eram muito piores do que lhe disseram originalmente.

Ele até afirmou ter realizado um teste aleatório e descobriu que um quinto de todas as contas do Twitter são spam ou falsas. Musk também pediu ao Twitter que lhe desse acesso “firehose” a seus dados para que ele pudesse ter uma visão realista da atividade do usuário, um pedido que logo foi aprovado após alguma relutância, segundo a NPR. Todo o ceticismo de Musk chegou a uma conclusão nada surpreendente, com o homem mais rico do mundo declarando oficialmente que não pretende mais avançar com sua aquisição do Twitter.

Twitter quer ir ao tribunal

twitter elon musk

Como parte de um pedido regulatório apresentado à SEC dos EUA e endereçado ao chefe jurídico do Twitter, Vijaya Gadde, o representante legal de Musk acusa a plataforma de mídia social de fornecer “informações incompletas ou inutilizáveis” e que “o Twitter não cumpriu suas obrigações contratuais”. Mas parece que o Twitter não deixará Musk desistir do acordo, pelo menos não sem levar o assunto ao tribunal.

Bret Taylor, presidente do conselho do Twitter, tuitou que a empresa tomará todas as medidas para garantir que o acordo seja fechado nos termos originais acordados entre ambas as partes. E se isso não acontecer, uma batalha judicial está a caminho. Taylor escreveu que a empresa “planeja entrar com uma ação legal para fazer cumprir o acordo de fusão”. Deve-se notar que o acordo original vem com uma estipulação de multa de US $ 1 bilhão para a parte que renegar o acordo.

No entanto, Musk desistir do acordo não é inesperado. Especialistas vêm alertando há meses que seus ataques públicos à empresa e seu executivo foi uma manobra para subestimar os termos finais do acordo ou recuar totalmente.

Agora resta saber se os argumentos de Musk prevalecerão no Tribunal ou se o Twitter vai levar para casa US$ 1 bilhão, e continuar sem o bilionário em seu comando.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

C6 Bank fora do ar, PIX e outros serviços não funcionam nesta sexta-feira (6)

O C6 Bank está fora do ar nesta sexta-feira (6), PIX, aplicativo mobile e login são os principais problemas relados. De acordo com dados do Downdetector,...

PlayStation 5 está recebendo suporte nativo de 1440p

A Sony começou a testar o suporte nativo de 1440p na versão beta mais recente do software PlayStation 5, mais de 20 meses após o lançamento do...

Free Fire inicia uma nova era com a atualização da marca em 2022

Após a estreia do seu novo logotipo, o Free Fire traz para a comunidade uma repaginação completa de seu visual gráfico de marca e a...

Champions of Chaos chega ao Total War: WARHAMMER III em 23 de agosto

Quatro servos dos Deuses do Caos competem pela supremacia para alterar o equilíbrio de poder entre eles eternamente. Qual deles receberá a graça dos deuses...

Confira também

Assine nossa newsletter diária