Iniciativa busca investimentos para projetos sustentáveis no Amazonas

    0

    8/3/2021 – “Estamos conversando com instituições financeiras e empresas de tecnologia”, revela Tatiane.

    Nascida na pandemia, empresa de impacto social quer mostrar potencial do estado em pesquisa, inovação, tecnologia e bioeconomia

    A pandemia da Covid-19 escancarou as necessidades do Amazonas e provocou uma rede de solidariedade para sanar a falta de insumos básicos de saúde, como a escassez de oxigênio. A tragédia colocou a lupa no estado que precisa mais do nunca ser reconstruído. Uma iniciativa nascida no início da crise sanitária busca apoio para essa reconstrução, dando visibilidade para projetos socioambientais alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

    Liderado pela amazonense Tatiane Simão, o Somos Todos Amazonas quer mostrar o potencial do estado em tecnologia, pesquisa, inovação e bioeconomia. Para isso, selecionou 15 projetos de entidades, como o Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam), o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT) e a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), para buscar investimentos no Brasil e no exterior. E fez alianças institucionais importantes com o Polo Digital, a Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável (Abraps) e o governo do estado do Amazonas.

    “Com as parcerias fechadas e os projetos definidos, passamos para a etapa de captação. Estamos conversando com instituições financeiras e empresas de tecnologia”, revela Tatiane.

    Entre os projetos selecionados está o Programa Carbono Neutro (PCN), do Idesam, que permite que empresas, iniciativas e pessoas neutralizem suas emissões de gases de efeito estufa (GEE), responsabilizando-se pelo impacto que geram ao planeta. 

    “Fazemos a equação para identificar o volume de emissões de cada organização e transformamos essa quantidade em número de árvores que precisam ser plantadas. Também capacitamos produtores locais, entregamos mudas de qualidade e ajudamos na preparação do terreno para produzir. Com isso, temos um sistema que compensa as emissões desse parceiro e, ao mesmo tempo, os produtores têm assistência técnica e ajuda para a produção sustentável e para a comercialização”, explica Carlos Gabriel Koury, diretor-técnico do Idesam.

    O Programa Carbono Neutro contempla mais de 70 famílias dos municípios de Apuí, Itapiranga e São Sebastião do Uatumã e já plantou mais de 100 mil árvores. Com metas ambiciosas, o programa busca mais empresas interessadas na carboneutralização. “O Somos Todos Amazonas traz a oportunidade de visibilidade ao projeto. Pensando no Brasil inteiro, só 10% da população está no Amazonas, então temos que nos conectar aos outros 90%”, pontua Koury. 

    O crescente interesse das empresas por práticas sustentáveis impulsiona o trabalho do Somos Todos Amazonas, que também busca negócios de baixo impacto ambiental para se instalar no estado. Os benefícios fiscais oferecidos pela Zona Franca de Manaus são atrativos.  

    “O Somos Todos Amazonas surgiu na emergência da pandemia e foi crescendo de forma orgânica, tornando-se uma empresa de impacto socioambiental e trazendo em seu DNA o desenvolvimento sustentável do estado”, afirma Tatiane.

    Website: https://somostodosamazonas.com.br/