São Paulo – SP 17/5/2021 –

Com aportes a partir de R$ 15 mil, os investimentos-anjos se solidificam no país. No ano de 2019, mais de 8 mil investimentos foram realizados

Conhecidas pela inovação e possibilidade de crescimento significativo de forma rápida, as startups são destaque há algum tempo. No Brasil, o setor só cresceu desde que foi implementado no país, em 2011. Segundo dados da Abstartups, em oito anos a marca de 12 mil empresas foi ultrapassada.

De forma prática, uma startup pode ser definida por uma ideia de negócio escalável e tecnológica. Normalmente formada por pequenos grupos, os desenvolvedores de uma startup investem seu tempo e dinheiro para colocar em prática uma ideia inédita. Ainda assim, não são apenas estes os pilares que sustentam uma nova startup: o investimento-anjo também é essencial. 

Isso porque o acesso ao capital de giro e recursos podem ser um problema: de acordo com o SEBRAE, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, 30% das startups encerram as operações ainda no primeiro ano. Para a grande maioria, o problema está relacionado à falta de verba para fazer com que os planos saiam, de fato, do papel. 

Mas, felizmente, existe saída para os problemas relacionados à falta de capital: os investidores-anjo podem ser a resposta para apoio que os novos empreendedores precisam para desenvolver seu produto ou serviço, e estabilizar seus negócios.

O conceito de um investidor-anjo

Sabe-se que, cada vez mais, as startups conquistam o mercado. Com maior visibilidade e espaço, os investidores também são atraídos. Os investidores-anjo são, em geral, pessoas físicas que levam capital para os negócios em questão. Estes tendem a contribuir também com “Smart money”, que funciona como uma mentoria. “Essa troca em forma de conhecimento, contato ou até execução de atividades também é muito importante e valiosa para aqueles que estão começando”, acentua Vitor Mendonça Prado, sócio e fundador do escritório de advocacia Mendonça Prado Advogados.

Sendo assim, os investidores-anjo ganham dinheiro com a venda da participação para outros fundos de investimento quando a startup cresce e se destaca. Ou seja: o principal objetivo desses investidores é realmente ver o sucesso dos empreendedores.

Uma pesquisa realizada pela empresa On The Go em conjunto com a Poli Angels, com 104 investidores traçou o perfil dos anjos. O resultado mostrou que 25% deles são experientes no formato e fazem esse tipo de investimento há pelo menos cinco anos. Já a outra fatia de 25% começou no ramo entre 2015 e 2018. Os 50% restantes entraram para o negócio há menos de 2 anos. Além disso,  o estudo mostrou que o investimento médio no Brasil é de R$36 mil. 

De acordo com a consultoria McKinsey & Company, devido ao crescimento desse modelo de investidores, as startups se tornam bilionárias cada vez mais rápido. São os famosos unicórnios. Um exemplo é o PagSeguro, primeira startup brasileira que em 2016, após 12 anos de mercado, atingiu o valor de mercado superior a 1 bilhão de dólares. No entanto, a Loft levou apenas 8 meses para se igualar.

Crescimento da modalidade no país

Segundo a TTR, Transactional Track Record, o Brasil terminou 2019 com 8.220 investidores classificados na categoria investidor-anjo, sendo 6% a mais que o registrado em 2018. Estudos realizados pela EXAME também mencionam que a categoria dobrou na última década.

Pensando nisso, vale ressaltar também a importância dos cuidados dentro do mercado de investidores-anjos, tanto para as startups quanto para os investidores. A Mendonça Prado Advogados foi fundada por Vitor Mendonça Prado para assessorar ambas as partes. O advogado e investidor, ao estudar o mercado, notou a necessidade emergente. “Por meio de mentorias e assistência jurídica, desejamos proporcionar segurança e tranquilidade para startups e investidores. É um modelo onde todos saem ganhando”, explica Vitor. 

Tendo a inovação como foco, a Mendonça Prado Advogados trabalha com os mais diversos segmentos e nichos e apoia todas as fases de desenvolvimento das startups ao lado dos investidores. “Nosso intuito é alcançar resultados e mostrar que é possível expandir os negócios trabalhando em conjunto, seja em projetos nacionais ou internacionais”, finaliza. 

Para saber mais, basta acessar: www.mendoncaprado.com

Website: http://www.mendoncaprado.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui