São Paulo – SP 18/5/2021 – As evidências demonstram que fatores como a importância de hábitos mais saudáveis contribuem para que haja uma melhora da qualidade de vida dos idosos.

Algumas medidas simples do dia a dia podem reduzir o impacto da doença.

A osteoporose é uma patologia adquirida que tem como principal característica a redução de massa óssea, tornando os ossos mais suscetíveis a fraturas devido a sua fragilidade. Essa enfermidade causa um aumento da morbilidade e da perda de funcionalidade das pessoas afetadas, que são principalmente idosos, mostrando a presença de um grande impacto na qualidade de vida.

A doença é mais comum em mulheres pois existe uma deficiência de estrógeno nos primeiros anos do climatério, causando uma aceleração de perdas ósseas. Já nos homens acontece principalmente devido a fatores ligados a velhice como a carência de vitamina D, menor absorção de cálcio e o aumento dos níveis de paratormônio.

A osteoporose pode ser classificada em primária e secundária, sendo que a primeira pode ser subdividida em tipo 1, que está ligada diretamente com o período da menopausa, e o tipo 2, relacionado principalmente com o envelhecimento.

Dessa forma, a busca por maneiras de equilibrar o estágio da doença é essencial para um estilo de vida mais equilibrado, incluindo fatores como uma alimentação saudável rica em cálcio, exercício físico e exposição solar diária, especialmente em pacientes mais idosos.

As evidências demonstram que fatores como a importância de hábitos mais saudáveis como: a realização de exercícios físicos, uma alimentação equilibrada e a ausência de costumes como tabagismo/alcoolismo, contribuem para que haja uma melhora da qualidade de vida dos idosos que possuem osteoporose.

Nesse sentido, deve ocorrer uma maior difusão dessas informações, uma vez que a importância de tal tema abrange não só os idosos, mas a condição qualitativa de vida de toda uma família.

Além disso, a importância de uma rede psicossocial de apoio que auxilie o paciente e sua família é de grande estima, na intenção de um acompanhamento mais íntimo e significativo, o qual gere os possíveis prognósticos da doença e sua consequente amenização de sintomas, afirmando a possibilidade de vivência de uma maior qualidade de vida diária.

Website: http://www.farmabit.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui